CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Filme do Dia: P.M. (1961), de Alberto Cabrera Infante & Orlando Jiménez-Leal





P.M. (Cuba, 1961). Direção: Alberto Cabrera Infante & Orlando Jiménez Leal. Fotografia: Orlando Jiménez-Leal.

Esse documentário curto cubano talvez hoje venha a ser mais lembrado por sua enfática admissão dos preceitos presentes no movimento documentarista britânico Free Cinema, na maneira como apenas observa grupos distintos se divertindo em bares de Havana, tocando na noite, dançando, bebendo e namorando. E, ainda mais, por toda a polêmica que gerou, a partir do momento em que se tornou o “cavalo de batalha” junto à classe artística cubana que assistiu a censura do filme, dentro das diretrizes “revolucionárias” do governo recém-iniciado de Castro, como exemplo de apresentação de eventos “anti-revolucionários”. Em si mesmo, o filme, produzido independentemente do Estado, não vai além do módico interesse, através do modo que flagra aparentemente cenas sem que os envolvidos, via de regra, direcionem seu olhar para a câmera, antecipando algumas das soluções que vão ser utilizadas no Cinema Direto, com menor liberalidade quanto a montagem/intermitência dos espaços filmados. Jiménez Leal também dirigiria um documentário de longa-metragem sobre a perseguição aos homossexuais efetuada pelo regime cubano, Mauvaise Conduite, menos dotado  dotado de atributos específicos. 13 minutos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário